Os clientes de eventos de cultura, lazer e entretenimento, como os realizados em casas noturnas, terão acesso a informações, em ingressos e materiais publicitários, sobre alvarás de funcionamento e capacidade máxima dos locais de realização. Nesta quarta-feira (25), o Ministério da Justiça assinou portaria que define as regras. O texto será publicado na quinta-feira (26) no Diário Oficial da União e entra em vigor em 90 dias.

De acordo com o Ministério da Justiça, será informado ao consumidor o número do alvará de funcionamento e contra incêndios ou documentos equivalentes. Também deve ser informada a data de validade dos alvarás. Além disso, na entrada do local do evento, deve estar visível informação sobre a capacidade máxima de pessoas.

Quem descumprir a determinação poderá pagar multa até R$ 6 milhões, ter o local interditado ou a suspensão do funcionamento. "O consumidor tem como cobrar isso de todos os governos locais", disse a secretária nacional do Consumidor, Juliana Pereira da Silva. Para ela, a medida também facilita o trabalho de fiscalização das prefeituras.

Segundo a secretária, a medida foi adotada em consequência do incêndio na boate Kiss, que ocorreu na madrugada do dia 27 de janeiro e provocou a morte de 242 pessoas.

 

 

Contato

Telefone:
(12) 3354-0193


E-mail:
robson@acsincendio.com

Newsletter







Publicidade

Siga-nos!

FacebookTwitter

Engenheiro Robson

(12) 9 9726-3103

robson@acsincendio.com

Contato Escritório

(12) 3354-0193

www.acsincendio.com

Engenheiro Custódio

(12) 9 9768-7089

custodioacs@terra.com.br